10 Dicas para gravar mensagens de áudio (e ficar satisfeito)

     Semana passada, em meus perfis do Instagram e do Facebook , perguntei às pessoas  se gostavam de ouvir suas mensagens de áudio e pedi que respondessem com um Emoji. As respostas foram engraçadas e criativas, no entanto a maioria não aprecia suas próprias gravações. Se você encontra-se nesse grupo, aqui vão dez dicas muito práticas e fáceis de aplicar. Confira.

1. Prefira gravar em lugares silenciosos

     Lugares ruidosos reduzem o retorno de nossa própria voz, nos fazendo gritar e deixando o registro estridente demais. Falar muito baixo também é inadequado, fale como se o outro estivesse a um metro de distância.

2. Utilize o microfone de seus fones de ouvido

     Nossos smartphones não têm a mesma tecnologia que as mesas de som dos estúdios (que deixam a gravação impecável). Portanto, não há muitos recursos para realçar o que nossa voz tem de bom e nem mesmo atenuar o que não está tão bom assim. Os fones de ouvido possuem microfone e favorecem uma melhor gravação que capta a voz próximo aos lábios reduzindo a interferência dos ruídos ao redor.

3. Grave em pé

     Em pé a coluna fica reta, favorecendo o controle da respiração, e você tende a estar mais autoconfiante, podendo até mesmo fazer pequenos deslocamentos como se estivesse se comunicando em público. Porém, evite gravar caminhando ou afobadamente, pois traz maior ofegância.

3. Fale devagar

     Falar devagar aumenta a compreensão do outro sobre o que você está dizendo.

4. Faça segmentos curtos

     Frases curtas se tornam mais expressivas e assim mais efetivas do que frases longas. Ao invés de dizer: “oi, eu estou retornando sua ligação agora porque ontem não estava no escritório e não pude verificar o que você me pediu”, opte por  “oi/ estou retornando sua ligação/ ontem não estava no escritório/ e não pude verificar o que você me pediu”.

5. Destaque com sua voz as palavras mais importantes

   Agora que você fez frases mais curtas, realce  as palavras mais importantes de cada uma delas com sua voz.

6. Elabore a mensagem antes de gravar

     Pense antes e grave depois. Pensar gravando costuma não dar muito certo, demandando mais tempo e perdendo a objetividade.

7. Não fale muito agudo

     Os equipamentos costumam realçar os agudos de nossas voz e deixar nossa voz mais fina ou, até mesmo, parecida com a das crianças. Prefira tons médios para gravar.

8. Utilize a outra mão para gesticular no ar acompanhando o discurso

    Voz e corpo devem estar em harmonia para uma boa comunicação. Enquanto fala, utilize a mão “desocupada” para “desenhar” no ar o que você está dizendo.

 9. Coloque um sorriso no rosto

     Não é para falar rindo, mas com um gentil e sincero sorriso no rosto. Assim, você estará ativando emoções positivas que irão refletir na entonação de sua voz. O ouvinte deverá escutá-lo e imaginar que você está sorrindo. Naturalmente, se o assunto permitir.

10. Procure estar relaxado

     Tensões e ansiedade sempre interferem na qualidade do voz porque modificam os parâmetros da voz ideal, o que faz com que o interlocutor talvez compreenda em sua mensagem sinais que podem não ser favoráveis ao conteúdo.

     Pequenos detalhes podem tornar sua mensagem mais eficaz e sua voz mais compatível com a imagem que deseja transmitir. Lembre-se, se estiver gravado, poderá ser revisto, ou melhor, ouvido em qualquer momento. Capriche!

Ana

www.instagram.com/anaclaudiacorso

www.facebook.com/expressividade

<a href=”https://br.freepik.com/fotos-gratis/bela-jovem-usando-seu-celular-em-casa_1623583.htm”>Designed by Nensuria</a>